Enjoy the ride

03/15/2014

Na minha cabeça, não existe essa história de “largue tudo e vá fazer o que ama”. Até usar o termo “largar tudo”, pra mim, é uma grande desvalorização de todo o esforço das pessoas que estão buscando sua felicidade, seja um emprego melhor, abrir sua própria empresa, conhecer a Índia ou poder dormir até mais tarde todos os dias. Mudar, em qualquer aspecto, exige esforço, muito, muito trabalho, planejamento, noites mal dormidas, centenas de frustrações e, quem sabe, um punhado de sorte. É exatamente o contrário de jogar tudo para o alto e apenas fugir.

Eu acredito que, no fundo, todo mundo quer ser feliz. Todo mundo sempre quis ser feliz, desde que o mundo é mundo. E felicidade tem muito a ver com amor. E cada um ama uma coisa, de um jeito, com uma intensidade. O que me faz feliz pode não te interessar nem um pouco. É importante lembrar que nessa era dos workaholics, o trabalho não é a única coisa que poderia te fazer feliz ou a única que te faz mal. Ele é só uma parte, bem pequena, de quem você é. Você pode trabalhar 8 horas por dia em um escritório incrível na Faria Lima e ser feliz. Você pode trabalhar 12, 15 horas em uma redação de revista, acordando as 5 horas da manhã pra correr atrás de uma pauta e ser feliz. Você pode viajar o mundo trabalhando de qualquer lugar e ser feliz. Esses três exemplos, especificamente, são sonhos que eu já tive ou tenho, em alguma parte de mim. E eu, em algum momento, poderia ou posso vir a ser feliz encaixada em algum deles. E o trabalho que eu vou escolher faz parte disso, mas não é a chave principal.

Não é um trabalho que nos faz feliz ou infeliz, somos nós. Acredito ser essencial correr atrás da própria felicidade, mas assim como ela pode estar em uma montanha da Escócia, ela também pode estar na mesa da sua sala. Muitas vezes são pequenas mudanças que você pode fazer na sua vida que irão te tornar mais feliz, não só aquele sonho utópico e distante. Você pode e deve correr atrás dele mas, enquanto isso, seja feliz no caminho também. Ninguém pula etapas, larga tudo e vai ser feliz. Felicidade está em constante movimento, e você precisa persegui-la todos os dias. Enjoy the ride.