Diálogos Imaginários #7

07/14/2011

- Você tem tantas cicatrizes pelo corpo, o que aconteceu?
- Vamos dizer que eu não faço muita questão de me proteger.
- Por que não? Você sabe que essas marcas não vão sair nunca mais, né?
- Eu sei, e gosto disso. Cicatrizes mostram que você aprendeu.
- Ou que você se machucou.
- Sempre que você se machuca, significa que você aprendeu alguma coisa. Eu adoro essas provas marcadas em minha pele.
- Então suas cicatrizes são de aprendizado?
- As pessoas enxergam cicatrizes como uma situação ruim que ficará estampada para sempre em nosso corpo. Eu concordo em partes, porque para mim não existem situações ruins. Existe sofrimento, mas ele sempre será positivo, um dia ou outro. Não existe dor sem aprendizado, e é isso que vale no final. As cicatrizes são apenas para você lembrar do quanto cresceu. É como um livro.
- E para você não existe maneiras de escrever um livro sem sofrimento?
- Procure os maiores autores da humanidade e veja que todos eles escreveram sobre uma dor. Ela inspira e faz você pensar. Mais do que isso, lembra que você tem sentimentos e faz você sentir cada um deles.
- Eu prefiro trocar os meus pensamentos por uma vida sem dor.
- É uma bela escolha.